sábado , fevereiro 24 2024
Home / BANNER / Astec participa do Grito dos Excluídos 2022, em defesa do DMAE público

Astec participa do Grito dos Excluídos 2022, em defesa do DMAE público

Neste feriado de 7 de setembro, a Astec participou do 28º Grito dos Excluídos, no bairro Partenon, em Porto Alegre. A concentração iniciou às 9h, em frente ao DMAE da Cristiano Fischer, onde entidades de municipários, liderados pelo Simpa, fizeram ato em defesa da manutenção da autarquia sob controle público e contra a proposta do prefeito Sebastião Melo de privatizá-la.

Na sequência, os municipários juntaram-se a dezenas de outras entidades, em frente à Igreja São José do Murialdo, e seguiram em caminhada pelas ruas próximas, até a Praça Francisco Alves, no mesmo bairro, onde ocorreu o ato político.

A manifestação recebeu apoio da comunidade e de transeuntes, ao longo de todo o seu trajeto até a praça, onde muitos moradores aguardavam para juntar-se ao ato. Dentre os temas mais abordados estiveram a denúncia do retorno do Brasil ao Mapa da Fome, o desemprego, os cortes de verbas da educação e a destruição do meio ambiente.

O Grito dos Excluídos surgiu nos anos 1990, como contraponto à narrativa oficial de Independência do Brasil que, segundo as entidades, nunca se tornou totalmente independente. Em Porto Alegre, mais de 20 entidades organizaram o movimento que foi marcado por apresentações artísticas, manifestações ecumênica e indígenas. A caminhada foi acompanhada por grupos de baterias e marcada por faixas e manifestações das mais variadas em defesa da democracia.

A edição 28 do Grito dos Excluídos tem abrangência nacional e o lema deste ano foi “Brasil, 200 anos de independência, para quem?”

Clique aqui e associe-se!

Proteja a saúde de todos: use máscara e mantenha as mãos higienizadas!

ASTEC – Diretoria Executiva 2021/2022

UNIÃO, RESISTÊNCIA & LUTA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *