sábado , dezembro 4 2021
Home / BANNER / Porto Alegre: 249 anos e muitas necessidades desatendidas

Porto Alegre: 249 anos e muitas necessidades desatendidas

Usina do Gasômetro, Porto Alegre/RS | Foto: Luka Scaraffini/Pixabay

Nesta sexta-feira, 26 de março, Porto Alegre completa 249 anos, um aniversário muito diferente, sem nada a comemorar. Muito pelo contrário: para além de tudo o que a pandemia já levou de todos nós e do caos da saúde, os técnicos de nível superior também estão preocupados com os rumos da cidade. Temos ideias, capacidade técnica e estamos prontos para trabalhar e colaborar em todas as frentes.

Mas, urge que se diga que é preciso que o gestor se concentre 100% em gerir a cidade e resolver seus problemas, como a vacina, como as condições de atendimento qualificado em saúde em vez de precarizar cada vez mais os serviços por meio de contratos irresponsáveis de terceirização. É do gestor a responsabilidade por boa parte das vidas perdidas – e são muitas, e são diárias – quando não preserva a qualidade técnica do quadro funcional. Qual é a disposição dos profissionais da saúde da capital dos gaúchos, quando pende sobre suas cabeças a espada das alterações do plano de carreira, enquanto atendem vítimas de covid-19 em parada cardiorrespiratória no chão das UPAs, por falta de leitos e de colegas em número suficiente para atender a demanda crescente. São vidas perdidas – e são muitas e são diárias. Não há o que comemorar.

É um aniversário triste, marcado pelo lamento da energia do gestor canalizada para colocar a população contra os servidores públicos, por meio de gastos com publicidade para propagandear que a previdência dos municipários é deficitária, quando isso não é verdade – o cálculo atuarial comprova que não existe déficit – o Departamento Municipal de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Porto Alegre (Previmpa) é superavitário e sustentável.

Porto Alegre, a Astec te cumprimenta pela passagem dos teus 249 anos, reiterando a disposição dos técnicos de nível superior, que são teus servidores, de lutar por melhor qualidade de vida para os teus cidadãos – uma luta que se opõe à entrega do teu patrimônio, que é de todos, à precarização advinda do desinvestimento com vistas à privatização – um crime que já se anuncia em alvos como o DMAE, a Carris, ao HPS, ao HMIPV e tantos outros.

Conta com a nossa disposição e o nosso compromisso, Porto Alegre, de exigir respeito a ti, como às nossas carreiras, por meio de uma gestão que se faça humana, responsável e comprometida com a vida dos teus cidadãos.

ASTEC – Diretoria Executiva 2021/2022

UNIÃO, RESISTÊNCIA & LUTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *