quinta-feira , setembro 23 2021
Home / BANNER / Astec mobilizada em defesa da manutenção da Biblioteca da Smamus

Astec mobilizada em defesa da manutenção da Biblioteca da Smamus

Manifestação de entidades ambientalistas, em frente ao prédio da Smamus, em defesa da permanência da biblioteca especializada no prédio-sede da secretaria | Fotos: Ruvana De Carli/CarliCom

Ato realizado ao meio-dia desta quinta-feira, 11 de fevereiro, em frente ao prédio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus), em defesa da permanência da chamada “Biblioteca da SMAM” na sede da pasta, reuniu, além da Astec, diversas entidades representativas do meio ambiente, da biblioteconomia e da cultura, pessoas da comunidade, usuários e parlamentares das três esferas do poder público – os vereadores Jonas Reis e Matheus Gomes, a deputada estadual Sofia Cavedon e a deputada federal Fernanda Melchiona. Também esteve presente Antônio Xavier, filho do primeiro secretário emérito da pasta, jornalista Roberto Eduardo Xavier. Na oportunidade, o presidente da Astec, eng. agron. Irineu Foschiera, lembrou que, há quatro anos, a Secretaria do Meio Ambiente sofreu uma tentativa de extinção e, desde então, vem enfrentando sucessivos golpes em suas estruturas, como o sucateamento do banco de sementes e do viveiro municipal. “O ataque à biblioteca é mais um episódio na mesma linha de desmonte das estruturas da secretaria que guarda a memória ambiental de Porto Alegre”, afirmou Irineu.

Comissão representativa do movimento em defesa da Biblioteca Roberto Eduardo Xavier foi recebida pelo secretário do meio ambiente, Germano Bremm | Foto: Sérgio Louruz/Smamus

Durante o ato, o secretário do meio ambiente, Germano Bremm recebeu os representantes do movimento, acompanhados dos parlamentares. A comissão entregou um abaixo-assinado no qual explica porque a remoção da biblioteca para o Parque Germânia, como propõe o governo, é inadequada. Bremm se disse disposto a considerar sugestões e a agendar uma próxima reunião para discutir a questão.

 

Organizadora do movimento, a diretora Cultural da Astec, Carmem Lapolli von Hoonholtz, foi a primeira bibliotecária da Secretaria de Meio Ambiente de Porto Alegre, produziu um artigo em que explica a importância de manter a Biblioteca da Smamus no prédio-sede da pasta, onde hoje se encontra. Clique e confira.

 

Fortaleça a Astec!

Clique aqui e associe-se!

#Se puder, fique em casa!

ASTEC – Diretoria Executiva 2021/2022

UNIÃO, RESISTÊNCIA & LUTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *