quarta-feira , agosto 4 2021
Home / Notícias / Secretário da Saúde vai agendar reunião com Astec

Secretário da Saúde vai agendar reunião com Astec

EM PAUTA, O CRITÉRIO DESIGUAL PARA O CONTROLE ELETRÔNICO DA EFETIVIDADE NO HMIPV / SMS ENTRE PROFISSIONAIS DA MESMA CATEGORIA – TÉCNICOS CIENTÍFICOS.

 

O Secretário da Saúde retornou solicitação de agenda da ASTEC com vistas a tratar do critério desigual para o controle eletrônico da efetividade no HMIPV /SMS entre os profissionais da mesma categoria – Técnicos Científicos. Carlos Henrique Casartelli respondeu, por email, que seu gabinete vai entrar em contato para marcar a reunião. A expectativa é de que o encontro ocorra nesta semana.

A Astec não se opõe ao controle eletrônico, porém é indispensável que seja para todos os servidores e, também, que sejam definidos e formalizados os critérios para a gestão da efetividade, objetivando a UNIFORMIDADE.
 

Desde março de 2010, psicólogos,asssitentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas e terapeutas ocupacionais que trabalham no Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas passaram a registrar sua efetividade por ponto eletrônico. Foi assegurado a estes profissionais que que a medida seria estendida a todos os funcionários da unidade, em etapas, até julho último. Até o momento, porém, além destes profissionais, apenas as áreas administrativas, chefias e direção estão incluídos nesta modalidade de ponto.

O processo foi iniciado em virtude de uma recomendação do Ministério Público, datada de 2004, em decorrência do não-cumprimento da jornada de trabalho pelos médicos.

A ASTEC recebeu retorno  do Secretário da Saúde sobre a solicitação de agenda visando tratar do critério desigual para o controle eletrônico da efetividade do HMIPV / SMS entre profissionais da mesma categoria – Técnicos Científicos. Carlos Henrique Casartelli respondeu, por email, que seu gabinete entrará em contato com a Entidade para agendar o encontro. A expectativa é de que o mesmo ocorra ainda nesta semana, dada a importância da situação.

Frente a interrupção do ingresso de novos colegas no ponto eletrônico, por orientação do Secretário de Saúde do Município, e pela desigualdade na qual as categorias profissionais se encontram, os profissionais, que se sentem discriminados, propuseram a suspensão do registro da efetividade em ponto eletrônico até que todos os funcionários estejam vinculados a este sistema. Ocorre que, frente à solicitação efetuada à direção do Hospital por estas categorias, não houve apoio para reverter o processo.

Entendendo que a situação vai além de questões trabalhistas e compromete a equidade entre as diversas categorias de Técnicos Científicos do quadro da saúde na Prefeitura, esses profissionais estão encaminhando aos seus órgãos de representação o pedido de acompanhamento e mobilização. Além dos diversos conselhos profissionais já envolvidos – CREFITO, CRN, CRESS e COREN – foram acionados também os sindicatos e associações que representam os servidores de mesmo nível do estado e município – ASTEC, SIMPA e SINTERGS.

ASSOCIATIVISMO SE FAZ COM COERÊNCIA E UNIDADE
Diretoria Executiva Gestão 2009 – 2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *