terça-feira , janeiro 26 2021
Home / Notícias / Municipários entram no segundo turno da OP

Municipários entram no segundo turno da OP

OPERAÇÃO PADRÃO continua pressionando em todas as secretarias

 

As manifestações continuam por todos os setores: paralisações, apitaços e rigoroso cumprimento da legislação no desempenho das funções seguem acontecendo todos os dias, sob a coordenação da Astec, junto com o Fórum das Entidades. É pressão total sobre a administração, de quem a categoria se despediu na última sexta-feira, 01/10. No BOTA FORA VERLE, os funcionários tomaram conta do Paço Municipal, denunciando falta de condições dignas de trabalho e irregularidades na contabilidade. Faixas pedindo transparência nas contas da administração e exigindo o cumprimento da lei que garante a bimestralidade enfeitaram a frente da prefeitura. Depois da manifestação, os funcionários seguiram em passeata pelas ruas do centro da capital, apitando e gritando palavras de ordem. A partir dessa segunda-feira, 4/10, a categoria investe com força total no segundo turno da OP. A Operação Padrão vai preparar uma nova Assembleia Geral para combater as manobras da administração com medidas duras e de visibilidade: • cada funcionário faz apenas aquilo que for atribuição específica da sua função e não atende solicitações que não sejam encaminhadas por escrito. Nada de orientações por telefone ou e-mail; • CLIQUE DENÚNCIA: disponibilizado no site da Astec para a categoria denunciar as ilegalidades e irregularidades cometidas pela administração. A Astec, em conjunto com o Fórum das Entidades, vai encaminhar as denúncias recebidas; • chamada extra nas mensalidades das associações, para o custeio das divulgações em outras mídias; • atos diários por secretaria, com paralisação de uma hora e outras mobilizações pesadas, coordenados pelo Fórum das Entidades; • calendário de mobilização, organizado pelo Fórum das Entidades; • envio de ofício simples pelo Fórum das Entidades à administração, registrando que a categoria não aceita a proposta de publicação das progressões, sem o devido pagamento imediato das mesmas. Os municipários não param! Não vão para casa! Mandam embora essa administração e sua postura de descaso com o funcionalismo e de práticas irregulares, fazendo votos de que todos os seus CCs passem a procurar emprego a partir de 1º/01/2005, depois de 16 anos!!! Mobilize-se na sua secretaria! Apite pela bimestralidade! TODOS À ASSEMBLÉIA GERAL UNIFICADA! PREPARE-SE Denuncie as ilegalidades e irregularidades: www.astecpmpa.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *