segunda-feira , abril 12 2021
Home / Notícias / Municipários decidem mobilização Exigindo BIMESTRALIDADE JÁ!

Municipários decidem mobilização Exigindo BIMESTRALIDADE JÁ!

Mais de 320 funcionários decidiram em Assembléia as formas de mobilização

 

Mais de 320 funcionários públicos municipais participaram da assembléia geral extraordinária, nessa quinta-feira, dia 02/10, no Colégio Parobé. A categoria fez um inventário das grandes perdas que vem acumulando ao longo dos últimos 14 anos e decidiu como vai organizar sua mobilização daqui em diante: – o estabelecimento de um calendário de mobilizações por secretaria, com paralisação em cada local de trabalho; – uma grande assembléia geral de municipários em novembro; – a deflagração de uma campanha de denúncia das condições de trabalho e falhas na arrecadação; – a organização de um grande ato público no Paço Municipal. Essas foram as formas de mobilização escolhidas pelos 320 funcionários municipais para pressionar a Prefeitura pelo pagamento da bimestralidade. A implementação das lutas vai ser tocada pela Astec, em conjunto com as demais vinte e uma associações do Fórum das Entidades, compostas por cada um dos 24.400 servidores públicos e mais de quatro mil aposentados e pensionistas. E é a partir da participação de cada um que chegaremos à vitória, através da mobilização de todos. PARTICIPE! TRAGA UM COLEGA! E lembre-se: a reposição bimestral foi assegurada em lei a partir da mobilização dos servidores, e sempre foi paga com base no IGP-M, da Fundação Getúlio Vargas. Desde o mês de maio, porém, a Administração Municipal alterou as regras, de maneira unilateral: não pagou a integralidade do índice, deixando em haver 1.92%, e apresentou um decreto assinado pelo Prefeito João Verle, alterando o índice de cálculo para repor a inflação. O decreto foi declarado “documento inidôneo” pela Comissão de Constituição de Justiça da Câmara Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *