terça-feira , abril 20 2021
Home / Notícias / Justiça não aceita pedido de ilegalidade e Saúde continua em greve

Justiça não aceita pedido de ilegalidade e Saúde continua em greve

A decisão de manter o movimento em defesa da jornada de 30 horas semanais, na assembleia da quinta-feira (25), inclui, ainda, a exigência de que as negociações sejam assumidas pelo Prefeito e um calendário de mobilização.

 

O pedido de ilegalidade da greve, movido pelo Governo, não foi aceito pela Justiça. A liminar com o despacho ainda não foi entregue ao Simpa, mas parte do conteúdo divulgado na imprensa apenas reforça o compromisso já assumido pelos servidores desde o início da paralisação: manter o atendimento de urgência e emergência funcionando.

Quanto a decisão pela continuidade da greve em defesa da jornada de 30 horas semanais, definida na assembleia da quinta-feira (25), inclui, ainda, a exigência de que as negociações sejam assumidas pelo Prefeito José Fortunati e um calendário de mobilização.

26/8 (sexta-feira)
9h –
Concentração para Ato Público em frente ao HPS. Após, saída em caminhada até o Paço Municipal.

27/8 (sábado)
9h –
Concentração para Ato Público no Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul (Rua Manoel Lobato, 151 – Vila Cruzeiro).

28/8 (domingo)
9h –
Chimarrão no Brique da Redenção.

29/8 (segunda)
9h –
Instalação do Piquete Farroupilha da Greve, no Paço Municipal (durante todo o dia).

30/8 (terça)
9h –
Concentração para Ato Público, no Paço Municipal.
14h – Assembleia Geral Unificada no salão do Clube do Comércio (Rua dos Andradas, 1085 – 4º andar).

ASSOCIATIVISMO PARTICIPATIVO SE FAZ COM UNIÃO E PLURALIDADE.
DIRETORIA EXECUTIVA GESTÃO 2011-2012

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *