sexta-feira , outubro 15 2021
Home / Notícias / Eleitos presidentes dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Astec

Eleitos presidentes dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Astec

A reunião, organizada pela Diretoria Executiva, foi na noite da segunda-feira, 02/03, e o desafio da entidade daqui para a frente é, por meio do trabalho conjunto, buscar representantes para os núcleos ainda sem eleitos.

 

A reunião que instaurou o Conselho Deliberativo (CD) foi organizada pela Diretoria Executiva, na noite da segunda-feira, 02/03. Agora, o desafio da entidade é buscar representantes para os núcleos ainda sem eleitos, por meio do trabalho conjunto.

Cumprimentando todos os presentes, a presidente da Astec, biól. Isabel Junqueira, falou de sua expectativa de que a Diretoria Executiva e os Conselhos trabalhem unificados, em permanente contato e parceria. Saudou, ainda, a renovação de quadros no CD, com "a certeza de que os colegas que agora ingressam na Astec trazem novo ânimo às lutas dos técnicos, em particular, neste momento em que a Astec prepara seu próximo passo, que é buscar o diagnóstico efetuado pela empresa Quântica sobre a situação dos servidores."

Passam a atuar no Conselho Deliberativo, como presidente, a adm. Dione Borges de Carvalho, e como vice-presidente, o adm. Adalberto Pio de Almeida; e no Conselho Fiscal (CF), a adm. Margareta Baumgarten, como presidente, e a econ. Marisa Pinho, como vice-presidente.

Dione Borges, presidente do CD, agradeceu a confiança dos colegas e disse que o ano de 2015 será desafiador e que apresenta situações preocupantes, referindo-se em especial, às questões do plano de carreira e do efeito cascata. O vice-presidente, Adalberto Pio de Almeida, lembrou que a Astec nasceu a partir de um ofício encaminhado por ele ao prefeito, em 1994, solicitano gratificação semelhante a dos agentes fiscais. Era o embrião da Gratificação de Incentivo Técnico (GIT), integralizada no ano de 2010. Ao longo desse período de luta, forjou-se a Associação.

A presidente do CF, Margareta Baumgarten, destacou que é preciso valorizar os técnicos e defender as conquistas de todos. Reiterando a disposição par ao trabalho associativo, as primeiras reuniões do CD e do CF deverão ser agendadas a partir da próxima semana.

O Conselheiro eng. Sérgio Brum ressaltou a necessidade de os memebros da Astec serem criativos, atuantes e buscarem a valorização da categoria. Segundo ele, este é o caminho para aumentar o número de adesões de colegas à entidade.

O diretor de relações sindicais, jornalista Adroaldo Corrêa, chamou a atenção para a importância da audiência pública sobre o efeito cascata, que vai ocorre na próxima quinta-feira, 05/03, às 19h, na Câmara de Vereadores. A presença de cada municipário será valiosa para assegurar a integridade dos vencimentos dos servidores.

PARTICIPE E TRAGA SEUS COLEGAS PARA A AUDIÊNCIA PÚBLICA DO EFEITO CASCATA.
SUA PRESENÇA É IMPRESCINDÍVEL!
05/03 – QUINTA-FEIRA, ÀS 19h
NENHUM CENTAVO A MENOS! NEM A MAIS!

NÃO AO ABONO!

ASSOCIATIVISMO FORTE SE FAZ COM UNIDADE E AÇÃO.
DIRETORIA EXECUTIVA – GESTÃO 2015/2016

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *