terça-feira , janeiro 26 2021
Home / BANNER / Baladas anos 60 e 70: uma ‘canja’ com a Banda Saudade que Ficou

Baladas anos 60 e 70: uma ‘canja’ com a Banda Saudade que Ficou

    Roveda, guitarra base e voz, ao fundo; Altivo, contrabaixo e vocais (à frente); Carlos Orcil, bateria e vocais (à direita); e Sandro, guitarra solo. Clique na imagem e assista ao vídeo da Banda Saudade que Ficou | Foto: acervo da banda | Vídeo editado em 29/08/2020

Engenheiro aposentado da SMURB, desde 2014, Luis Carlos Roveda comanda a Banda Saudade que Ficou, que há 17 anos toca exclusivamente rocks e baladas dos anos 60 e 70. Entre os integrantes, mais colegas municipários:

ROVEDA: engenheiro aposentado da SMURB (antiga Secretaria do Planejamento Municipal) e professor aposentado da UFRGS – guitarra base e voz
ALTIVO:  assistente administrativo aposentado da SMURB – contrabaixo e vocais
CARLOS ORCIL: foi operário da SMURB, por aproximadamente dois anos. Hoje, atua na iniciativa privada – bateria e vocais
SANDRO – advogado autônomo – guitarra solo
Recolhidos, nesses tempos de pandemia, os guris dão uma canja para a gente, com dois trechos do repertório, durante uma apresentação na Câmara Municipal de Porto Alegre, antes da pandemia: Fio Maravilha, de Jorge Ben Jor, e Kansas City, de Jerry Leiber e Mike Stoller, imortalizada pelos Beatles.
Quem gostar e quiser entrar contato, pode fazê-lo pelo e-mail prof.roveda@hotmail.com ou pelos telefones (51) 3268-4608  e 999-814-998 (WhatsApp).

Fortaleça a Astec!

Associe-se aqui!

#Se puder, fique em casa!

ASTEC – Diretoria Executiva 2019/2020
RESISTIR E AVANÇAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *