domingo , janeiro 24 2021
Home / Notícias / Astec participa de ato de desagravo a municipário agredido por vereador

Astec participa de ato de desagravo a municipário agredido por vereador

A Astec esteve presente hoje,10 de julho, pela manhã, em reunião que ocorreu no prédio da Secretaria Municipal de Urbanismo, cujo objetivo foi definir ações a serem desenvolvidas a partir da agressão do vereador Valter Nalgestein ao servidor José Augusto Marchand. Estiveram presentes 50 servidores da SMURB.

A Astec foi representada pelo presidente, eng. Sérgio Luiz Brum, e pela vice-presidente, enf. Lurdes Tura. Também participaram o Sindicato dos Engenheiros, representado pelo eng. Máercio de Almeida Cruz; o Simpa, com o diretor Adelto Rohr; o Sindicato dos Arquitetos, com o vice-presidente Hermes Puricelli, além de dirigentes de outras entidades de servidores.

O presidente da Astec, Sérgio Brum, em sua fala, disse que a agressão sofrida pelo servidor foi uma agressão a todos os servidores da SMURB e da Prefeitura, a qual não poderá ficar impune, pois todas as entidades desenvolverão esforços para que isto não aconteça. Todos os demais representantes se manifestaram solidarizando-se com o colega e defendendo a mobilização da categoria para enfrentar os ataques do governo, de vereadores ligados à base governista e de movimentos convocados pelo governo para hostilizarem os servidores. Colegas da SMURB lembraram que há total insegurança hoje no atendimento ao público, em particular decorrentes das manifestações do governo insuflando o povo contra os servidores públicos.

Ao final da reunião, todos se dirigiram ao estacionamento do prédio da SMURB, juntando-se aos colegas de outros setores que se reuniram em desagravo ao servidor agredido fisicamente pelo vereador Nalgestein. Durante a manifestação, o diretor-geral do Simpa, Alberto Terres, lembrou a sucessão de episódios de ataque aos direitos e à imagem dos servidores que vêm ocorrendo, desde a eleição do atual prefeito.

O presidente da Astec, Sérgio Brum, lembrou que nem à época dos prefeitos indicados, Thompson Flores, Guilherme Vilela e João Dib, no período da ditadura militar no Brasil, foram os servidores da Prefeitura desrespeitados nem agredidos como hoje ocorre. Ressaltou também que a agressão do vereador é uma agressão a todos os servidores municipais e ao povo de Porto Alegre, pois constitui comportamento inadmissível de um representante do povo.

Durante a manifestação o servidor José Augusto Marchand foi homenageado por um grande aplauso por parte de seus colegas.

ASTEC – Diretoria Executiva 2017/2018
RESPEITO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *