quarta-feira , janeiro 27 2021
Home / Notícias / Astec participa da Assembleia de Municipários que define Pauta Unificada de Reivindicações 2017 e permanência em estado de greve

Astec participa da Assembleia de Municipários que define Pauta Unificada de Reivindicações 2017 e permanência em estado de greve

A Assembleia Geral de Municipários aprovou a Pauta Unificada de Reivindicações 2017 e a permanência da categoria em estado de greve                (Fotos: Ruvana De Carli/CarliCom)

Os municipários de Porto Alegre aprovaram a Pauta de Unificada de Reivindicações 2017 e ações de mobilização contra as medidas do prefeito Marchezan Jr., permanecendo em estado de greve. As deliberações ocorreram em Assembleia Geral, realizada na tarde desta quinta-feira, 4 de maio,  no Centro de Eventos do Parque Harmonia.

PRINCIPAIS DELIBERAÇÕES
– Reajuste pelo IPCA integral (maio/2016 a abril/2017);
– Retirada dos Projetos de Lei, principalmente nos itens que aumentam o índice de contribuição previdenciária dos servidores ativos e inativos de 11% para 14%, e a alteração da Lei nº 10.042, artigo 5º, de 29 de agosto de 2006, que reajusta os salários dos municipários pelo IPCA (mesmo reajuste da correção dos tributos);
– Reconhecimento e indenização das perdas salariais relativas ao pagamento parcelado dos reajustes salariais nos anos de 2009, 2015 e 2016;
– Reajuste do vale-alimentação;
– Reconhecimento da defesa da Educação Pública com a manutenção das rotinas das escolas, aprovadas pelos Conselhos Escolares em 2016.

MOBILIZAÇÃO

Ficou definido que o Conselho de Representantes Sindicais (Cores) passa a atuar como Comando de Mobilização, com reunião marcada para o próximo dia 9 de maio, para definir as atividades de luta e a data da próxima assembleia geral.

Falando em nome da Astec e do Sindicato dos Engenheiros do RS (Senge), o presidente da Associação, eng. Sérgio Brum, lembrou que o governo do prefeito Nelson Marchezan está alinhado com as políticas em vigor nos governos do Estado e Federal, com terceirizações, contratação de consultorias privadas, arrocho salarial sobre os servidores e ataques aos direitos, entre eles, a Previdência.

“É preciso que nos mantenhamos unidos e mobilizados para defender o que já conquistamos, pois o carrinho do supermercado dos municipários está ameaçado de esvaziar!”, disse Brum.

O documento completo da Pauta Unificada de Reivindicações 2017, com as alterações aprovadas na Assembleia Geral de hoje, será divulgado pelo Simpa amanhã.

ASTEC – Diretoria Executiva 2017/2018
RESPEITO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *