quarta-feira , janeiro 27 2021
Home / Notícias / Astec e Simpa participam de Audiência Pública na Câmara: # Não aos 14% Previmpa

Astec e Simpa participam de Audiência Pública na Câmara: # Não aos 14% Previmpa

O presidente da Astec, eng. Sérgio Brum, e o diretor financeiro do Previmpa, Adelto Rohr, participaram da Audiência Pública realizada na Câmara de Vereadores, na noite desta segunda-feira, 19 de junho, com a presença dos secretários municipais de Planejamento e Gestão, José Alfredo Parode, e da Fazenda, Leonardo Maranhão Busatto. Ambos foram defender o Projeto de Lei Complementar do Executivo que visa aumentar de 11 para 14% a alíquota de contribuição dos servidores para o Previmpa.

Secretários de Planejamento e Gestão, José Parode, e da Fazenda, Leonardo Busatto

O secretário da Fazenda apresentou números com os quais o governo Marchezan pretende justificar a alegada necessidade de majoração da alíquota. Contudo, entre todos os servidores e vereadores que se manifestaram ao longo da noite, apenas o líder do governo na Câmara, Claudio Janta, defendeu o PLCE.

Eng. Sérgio Brum, presidente da Astec

Em sua manifestação, o presidente da Astec lembrou que, ao longo do tempo, a prefeitura utilizou os recursos das aposentadorias e não pagou juros, nem sequer constituiu um fundo para assegurar a integridade dos recursos. Considerando que o projeto do Executivo é um artifício criado pelo governo Marchezan para cobrar dos servidores uma dívida que é da prefeitura, o engenheiro Sérgio Brum solicitou aos vereadores que, na quarta-feira, 21 de junho, rejeitem o PLCE “por questão de justiça!”.

Adelto Rohr, diretor Financeiro do Simpa

Ainda sobre os argumentos do secretário da Fazenda, Adelto Rohr afirmou que o Simpa entende o Projeto do Executivo como um confisco, pois os 9% de reposição conquistados em 2016 seriam consumidos pelo congelamento da reposição da inflação na data-base de 2017 mais a majoração da alíquota do Previmpa. O diretor sindical recomendou que os vereadores votem contrariamente ao PLCE e que o governo tome outras medias como, por exemplo, o incremento de receita em vez de apenas cortar despesas e tentar penalizar os servidores.

Servidores e sindicalistas que se manifestaram contra o PLCE

Vereadores que se manifestaram contrários ao PLCE

ASTEC – Diretoria Executiva 2017/2018
RESPEITO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *