terça-feira , janeiro 26 2021
Home / Notícias / Assembleia aprova orçamento 2016 e cria GT Nenhum Centavo a Menos!

Assembleia aprova orçamento 2016 e cria GT Nenhum Centavo a Menos!

Na noite de 14 de dezembro, o orçamento da Astec para 2016 foi aprovado por unanimidade e, a partir da discussão de assuntos gerais, diretores e conselheiros formaram um Grupo de Trabalho visando buscar solução para o efeito cascata e propor isonomia através da gratificação ao único grupo de técnicos de nível superior que não percebe essa remuneração na Prefeitura.

 

Na assembleia geral da noite de 14 de dezembro, o orçamento da Astec para 2016 foi aprovado por unanimidade. A partir da discussão de assuntos gerais, os diretores Administrativo, Herni Michel, e de Relações Trabalhistas e Sindicais, Adroaldo Corrêa, além dos conselheiros Sérgio Brum e Margareta Baumgarten e dos associados Maércio Cruz e Dalvin de Souza também formaram um Grupo de Trabalho (GT), visando buscar solução para o efeito cascata e propor isonomia através da gratificação ao único e pequeno contingente de 400 técnicos de nível superior que não percebe essa remuneração na Prefeitura. A primeira reunião do grupo será na segunda-feira, 21 de dezembro.

O associado Dalvin de Souza participou da assembleia para esclarecer aos presentes sobre a Nota de Expediente publicada pela 5ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Estado, que concede 60 dias ao Município para que se manifeste acerca das alterações legislativas promovidas para corrigir o efeito cascata (Lei Complementar nº 768/15 e Lei Ordinária nº 11.922/15). Para conferir a íntegra da Nota de Expediente, digite o número do processo (001/1.15.0160628-0) no site do Tribunal de Justiça.

Durante o encontro, o eng. Paulo Demingos apresentou um estudo intitulado Logo, Logotipo ou Logomarca, em que defendeu o retorno ao uso do antigo logotipo da Astec. A proposta foi aprovada em votação por 11 votos a 7, com uma abstenção.

A presidente da Astec, biól. Isabel Junqueira, apresentou um levantamento do número de sócios que ingressaram e os que se desligaram da entidade, nos últimos dois anos, e sugeriu que a diretoria e o Conselho Deliberativo busquem estratégias junto aos representantes de núcleo para conquistar mais sócios, Além disso, lembrou que é necessário estimular o surgimento de representantes nos núcleos sem titulares.

SSOCIATIVISMO FORTE SE FAZ COM UNIDADE E AÇÃO.
DIRETORIA EXECUTIVA 2015/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *