domingo , janeiro 24 2021
Home / Notícias / ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

ASTEC VAI INTEGRAR EQUIPE PARITÁRIA COM SIMPA E SMS PARA ESTUDAR E PROPOR MEDIDAS DE AUXÍLIO E RESOLUÇÃO

 

Exercendo seu papel de representante dos Técnicos de nível superior da Prefeitura, dos quais cerca de 30% integram os quadros da Secretaria da Saúde, a ASTEC se reuniu, nessa quarta-feira, 29/04, com o titular da pasta, Eliseu Santos. Informado dos casos de assédio moral no trabalho que tem sido relatados por associados que atuam na SMS, o Secretário considerou que isso deve ser denunciado e corrigido, solicitando que a Presidenta, Adm. Margareta Baumgarten, esclarecesse o conceito: um processo muito sutil, que vai fragilizando o trabalhador, fazendo com que este passe a ter medo dos enfrentamentos que se fazem necessários e, por isso, muitos acabam não denunciando. Isso afeta o estado emocional, interfere no rendimento profissional e também no âmbito pessoal, ocasionando licenças médicas para tratamento. O assédio se caracteriza por qualquer tipo de humilhação sistemática, o que reduz a saúde psicológica do assediado, que nem sempre é uma pessoa frágil, muito pelo contrário. Às vezes, o assédio começa com a reação da vítima ao autoritarismo de um superior ao qual o assediado se recusa a subjugar-se. A ASTEC salientou, ainda, que é importante não olhar o assediado como um problema, devendo o Governo encarar as causas com seriedade, como “já começa a fazê-lo”, segundo declarou o Secretário. A entidade também lembra que é importante tornar claras não só as atribuições do trabalhador, como as competências organizacionais e das chefias, “já que vivemos em tempos nos quais o perfil do chefe deve ser de liderar equipes multiprofissionais que pensam, sugerem e nem por isso estão sendo insubordinadas, pois querem, sim, contribuir com seu conhecimento e experiências para uma cidade melhor.” O Secretário informa que o Simpa também já trouxe este tema e que está sendo criada pela SMS uma comissão paritária permanente para conhecer e estudar a situação e propor medidas de resolução e auxílio e propõe que a ASTEC integre essa equipe. O convite foi de pronto aceito pela Entidade, que vai aguardar o retorno do coordenador da CGADSS (Coord. Geral Adm. e Desenvolvimento de Servidores da Saúde), Luiz Carlos Pinto Sobrinho, para indicar o representante para participar dessa Equipe. Durante o encontro, a Presidenta Margareta Baumgarten também apresentou os membros da Diretoria Executiva da ASTEC, gestão 2009-2010, Vice-Presidentes Eng.Sérgio Brum e Enf. Lurdes Tura, Secretária Ter. Ocup. Mirtha Zenker, Tesoureiro Eng. Dante Michele e a assessora Adm. Dione Carvalho. ASSOCIATIVISMO FORTE SE FAZ COM COERÊNCIA E UNIDADE! ASTEC – DIRETORIA 2009-2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *